Em meio a tantas polêmicas sobre a realização, o povo não deixou quem 2021 inicia-se sem a tradicional puxada do mastro.

Mesmo sem o apoio da prefeitura que todos os anos realiza o festival de Boi Duros, a tradição se renovou mais uma vez, e desta vez por conta da pandemia os organizadores tiveram que adaptar a tradição.

Este ano em virtude da relevância, da importância sociocultural e tradição, o mastro foi confeccionado na sede da Filarmônica Lyra Popular e não mais na extinta Associação dos Carregadores como todos os anos. O percurso foi ampliado já que o mastro foi carregado em caminhão pelas ruas da cidade.

A população usou as redes sociais para criticar a Prefeitura de Belmonte que não deu apoio ao evento deixando a praça as escuras e colocando um decreto proibindo aglomerações para que o evento não fosse realizado.

Após o evento a prefeitura emitiu uma nota no facebook cancelando o evento em virtude do COVID e alegando cortes de gastos. É a primeira vez que um evento é cancelado depois de ser realizado. Seria isso uma desculpa? ou uma forma de justificar a não participação no evento?.

Comments

comments