Oprefeito de Santa Cruz Cabrália, Agnelo Júnior, teve sua candidatura impugnada nesta sexta-feira (16), pela justiça eleitoral. A sentença define que o candidato a reeleição para prefeito está inapto para concorrer nas eleições deste ano, por ter condenações em segunda instância. assim o grupo político de Agnelo deverá apresentar outro nome para concorrer nas eleições 2020.

Ação foi movido pelo vereador “Humberto Cachoeira”, que tem como advogado Dr Antônio Pitanga Nogueira Neto, baseada em decisão do MPE (Ministério Público Eleitoral) a peça foi fundamentada e o juiz da 121ª Zona Eleitoral Dr Rogério Barbosa de Souza e Silva, indeferiu o pedido de candidatura de Agnelo Santos Júnior. Após essa decisão, o candidato Bahiano é o grande favorito para ocupar o cargo.

Vale lembrar, que Agnelo Júnior, foi condenado na mesma ação do prefeito de Eunápolis Robério Oliveira, ambos condenados pela segunda instância da justiça federal. O prefeito Robério Oliveira, certamente terá seu registro de candidatura impugnada a qualquer momento pela juiz eleitoral.

O grupo dos fraternos são acusados pela polícia federal de desviarem cerca de R$200 milhões dos cofres públicos. Além de ter contras eles, vários processos por desvios de dinheiro público.

Veja a sentença na íntegra abaixo

Baixar sentença

Fonte: Saiunamidiabahia.com

Comments

comments