Igrejas de Ilhéus se posicionaram contra o decreto da prefeitura de abrir os templos religiosos



Apesar do decreto do prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre (Marão), permitindo o funcionamento de templos religiosos a partir de sábado (30), a Diocese de Ilhéus informou que as igrejas católicas do município não abrirão, assim como as igrejas Batista Memorial, Presbiteriana e Lindinópolis que também se posicionaram contra a autorização.

Os representantes dessas igrejas afirmaram que continuarão realizando as missas ou cultos no formato on-line. Foi o caso do Reverendo Melquisedeque de Castro, da Igreja Presbiteriana de Ilhéus, que justificou: “Somos conscientes da gravidade da pandemia de proporções assustadoras, que tem tirado muitas vidas, deixando um rastro de tristezas, de solidão e de lágrimas nos corações”.

Paradoxalmente, a Prefeitura de Ilhéus informou, em seus boletim de terça-feira (26), que já está com 100% de ocupação em seus leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) exclusivas de COVID-19. Fora Salvador, que é o epicentro da doença, os municípios do Sul do Estado têm causado preocupação pelos registros de maiores indidências de casos de Coronavírus.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *