Motorista faz protesto contra prefeita de Guaratinga

Foto: Divulgação

A prefeita de Guaratinga Christine Pinto passou por um vexame enorme durante a visita do governado Rui Costa ao Município de Guaratinga no último dia 21 de setembro e 2019. O empresário  Marcos Rodrigues dono do veiculo que transportava estudantes para faculdades de Eunápolis encontrou um meio inusitado para cobrar da prefeita pelos quatro meses de serviços prestados no decorrer e nao ter recebido.

O empresário e motorista do veículo que prestou os serviços e não recebeu, conta que teve o contrato quebrado e ficou sem receber quatro meses de trabalho prestado. Revoltado pelo fato de não ter recebido e de não conseguir se quer ser atendido pela prefeita, ele exibiu  uma faixa com  dizeres  de cobranças em frente ao palanque aonde reuniu dezenas de políticos, deputados, prefeitos, vereadores, secretários municipais e estaduais e o governador Rui costa.

De acordo com o empresário, a empresa MR Transportes suspendeu a prestação de serviços dos dois ônibus após ficarem sem os repasses dos meses de julho, agosto, setembro e outubro referentes ao ano de 2018. “Parei de rodar em novembro, quando excedia o prazo que a licitação pede. A partir disso fiz várias tentativas de diálogo, mas sem resposta”, contou Marcos Rodrigues.

Tão logo que houve o desligamento da empresa com a prefeitura,  a prefeita  colocou um ônibus próprio para continuar levando os estudantes. Desde a época, Marcos tem tentado de todas as formas  acertar a divida com a  prefeita, mas que nunca estava disponível para resolver o problema. “Nunca dava jeito de conversar, sempre tinha uma reunião”, disse.

Ele então aproveitou a vinda do governador Rui Costa a Guaratinga para tentar chamar a atenção da gestora para o problema usando uma faixa. Porém,  com os dizeres,  “Prefeita Christine Pinto paga meu dinheiro preciso fazer minha feira”.

O que agravou ainda mais a situação, foi o fato da cúpula do governador usar a força policial  para retirar a faixa que estava sendo asegurada pelos emvolvidos perto um prédio particular e que nada de mais estava sendo praticado pelos manifestantes que fazia a reivindicação de forma pacifica. Várias pessoas que estavam no momento registraram o fato que rapidamente tomou repercussão nas redes sociais e mexeu com os ânimos dos os internautas.

A visita do governador ao município de Guaratinga, além de ser marcada por protesto foi também historicamente marcada pela rejeição, um número de participantes foi tão pequeno que o esquema de segurança parecia ser muito maior.

O que mais casou estranheza, foi o fato  do partido dos trabalhadores PT que sempre defendeu o direito das pessoas de poderem reivindicar seus direitos e o governador Rui Costa que é petista e presenciou tudo e não fez nada para impedir que a polícia agisse contra o casal que apenas estavam cobrando da prefeita pelos quatro meses de serviços prestados ao município e estão a mais de um ano sem receber. Ou será que a fala de mobilização e reivindicação tão usada pelo PT só é valida  para os adversários deles?.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *