Eunápolis 

Advogado e outros envolvidos em ações violentas no campo foram presos em Eunápolis

Na manhã deste sábado (20), nove pessoas envolvidas em ações violentas praticadas contra o patrimônio e funcionários de uma empresa de segurança, durante invasão a uma fazenda de plantação de eucalipto da Veracel Celulose em Eunápolis, foram presas durante uma operação conjunta da Polícia Civil e Militar, através de mandados de prisão Temporária, por cinco dias, expedidos pelo juiz de direito, Dr Heitor Awi Machado de Attayde, Titular da 2ª Vara Crime da Comarca de Eunápolis.



No dia 02/07/2019, o grupo investigado, armado com foices e facões, retomou violentamente a posse da fazenda Sítio Esperança, oportunidade em que incendiaram SEIS AUTOMÓVEIS de uma empresa que fazia a segurança do local, além de agredir três vigilantes, ficando um deles lesionado na cabeça.

De acordo com a Polícia Civil, o grupo cortou árvores de uma plantação de eucalipto e obrigou maquinistas de uma outra empresa a realizar trabalhos numa estrada para permitir acesso ao local.

Cinco dias antes, o mesmo grupo havia sido retirado do imóvel por uma reintegração de posse da Vara Cível da Comarca de Eunápolis.

Um advogado, diretamente envolvido nas ações investigadas, identificado por Mário Junior Pereira Amorim também foi preso.

Foram presos;

MÁRIO JÚNIOR PEREIRA AMORIM

GERALDO PEREIRA DOS SANTOS

ROGÉRIO SILVA DA ROCHA

DEROLINO PEREIRA DOS SANTOS

NIVAL MIGUEL DA SILVA

RAIMUNDO DA ROCHA

CLÁUDIO FRANCISCO DE OLIVEIRA

NILSON DE OLIVEIRA GONÇALVES

ADENILDO BATISTA DA ROCHA

Um outro envolvido, conhecido como VALDOMIRO, não foi encontrado e já é considerado foragido da Justiça.

Comments

comments

Veja tambem ...

Leave a Comment