Santa Cruz Cabrália 

CABRÁLIA – Prefeito Agnelo Santos não cumpre a lei e servidores municipais paralisam na terça-feira, 18/06

Nota do SINSPPOR

OSindicato Base Territorial Santa Cruz Cabrália dos Servidores Públicos Municipais convocou os servidores da prefeitura para uma paralisação das atividades a partir de terça-feira, 18/06.

O motivo da paralisação, segundo as lideranças dos servidores, seria o descumprimento do artigo 10, parágrafo único da Lei municipal nº 603/2018, que deu prazo de um ano, solicitado pelo próprio gestor, para que o município atualizasse o Plano de Cargos e Salários dos servidores.

De acordo o sindicato, foram várias as tentativas de diálogo com o prefeito para solucionar a pendência, que se expirou em 28/05 deste ano. “Diversos ofícios foram enviados ao gestor, sem obtermos respostas. Só nos restou a alternativa da paralisação”, declara as lideranças.

Envolto em uma série de denúncias contra sua administração, com destaque para a operação “fraternos” que denunciou sua gestão como participante da “ciranda da propina”, em parceria com o cunhado Robério Oliveira e Cláudia Oliveira, prefeitos de Eunápolis e Porto Seguro, respectivamente; o prefeito teve sua carreira política praticamente encerrada, precocemente, devido à sua condenação, já em segunda instância, no processo de improbidade administrativa, que revelou o abastecimento irregular do Trio-elétrico “Axé e Cia” na cidade de Eunápolis, quando o mesmo era o Secretário de finanças do prefeito e cunhado “fraterno” Robério Oliveira. A condenação o tornou inelegível por oito anos.

Não bastassem essas traquinagens do passado; agora, como gestor municipal de Cabrália, realiza uma administração atabalhoada, confusa e amarrada a projetos sinistros e suspeitos como a solicitação de empréstimo à Caixa Federal de 15 milhões de reais; Privatização dos serviços de água e esgoto do município; concessão dos serviços de transporte marítimo; sem falar das contratações de assessorias sem licitação e das manobras, em parceria com o presidente da Câmara, alterando quóruns de votação para aprovação de matérias de seu interesse.

O SINSPPOR Base Territorial de Santa Cruz Cabrália, avalia que a paralisação irá prejudicar pessoas que não estão envolvidas com a situação e pede a compreensão de todos, especialmente aos moradores do município, pela decisão de paralisação e, ao mesmo tempo, comunica a administração, a disposição de retomada do diálogo para encaminhamento da questão de forma que atenda a todos, sem prejuízos à população. Caso o prefeito insista em ignorar as reivindicações dos servidores, após a paralisação de terça-feira, 18/06, será feita nova assembleia para definição de uma greve por prazo indeterminado.

Fonte: Jojonoticias

Comments

comments

Veja tambem ...

Leave a Comment