Politica 

Bolsonaro fez em um dia o que Dilma levou sete para fazer

No dia 05 de novembro de 2015 o Brasil viu uma grande tragédia: duas barragens se romperam em Bento Rodrigues e destruíram o subdistrito de Mariana, Minas Gerais. A então presidente Dilma — ainda bem que essa fase já passou — foi criticada por internautas por ter levado 7 — SETE — dias para visitar o local do desastre.

Infelizmente, por vários motivos, — um deles: falta de fiscalização e competência das gestões anteriores e da própria empresa — mais uma catástrofe acorreu no mesmo estado, dessa vez em Brumadinho. O presidente Jair Messias Bolsonaro levou menos de 24 horas para sobrevoar o local e traçar planos para cuidar do assunto. Mesmo assim foi criticado pela oposição — que carrega parte da culpa —, e até mesmo culpado — sem ter culpa.

O presidente determinou ainda a criação de dois gabinetes para cuidar de crises como essa. Segundo ele, os gabinetes informarão em tempo real tudo o que está acontecendo e vão sugerir as medidas que poderão ser adotadas usando todo o poderio federal disponível.

Comments

comments

Veja tambem ...

Leave a Comment