Colunas Editorial 

Supremo abacaxi!

Ingrediantes :

1 abacaxi

7 Ministros que não estão nem ai.

1 Ministro que não está nada doce

2 Ministros que são favas contadas

1 Ministra que parece um pudim

Se você reunir estes ingredientes acima com certeza você não fará um supreme de abacaxi, mas terá um abacaxi que aparentemente ninguém quer descascar.

Por que ninguém quer “descascar” este abacaxi chamado Lula? E por que o Supremo roeu a corda nesta ultima quinta-feira?

O jornalista Juremir Machado da Silva resumiu em poucas palavras o que aconteceu no STF:

“O STF reuniu-se no dia de hoje para decidir. Mas decidiu que antes precisava decidir se podia decidir.

Decidiu que podia. Mas decidiu não decidir mesmo podendo decidir. Decidiu que vai decidir outro dia. Mesmo assim decidiu que o TRF 4 não pode decidir pela prisão antes da decisão do STF.” 

Outra frase que viralizou  ontem na internet e foi atribuída ao radialista e jornalista  gaúcho Juremir Machado da rádio Guaíba. Uma outra piadinha que circulou nas redes sociais diz que desde o Império Romano na Judeia, é habito soltar um bandido na época da Pascoa. Deve ser por aí também. Mas o que se viu ontem foi a Procuradora Rachel Dodge se manter firme no seu propósito de que o STF não conhecesse e nem muito menos concedesse a liminar no habeas corpus preventivo do ex-presidente.

Porém não foi o que se viu. Deu 7 a 4 para suspender o remédio, sendo somente julgado em 04 de abril e, por fim, depois de muito blablabá, decidiram que o “paciente” não será preso até o resultado final do HC. Se ele é o paciente, nós do povo estamos INpaciente com os acontecimentos, pois nem sempre o pau que bate em chico bate em Francisco. E foi o que se viu. A começar pela inclusão em pauta do julgamento. O STF tem mais de 3000 Habeas Corpus para serem julgados e não faz nada.

Vergonha nossa, muito nossa. Sabem porque comparo elle com um abacaxi? O que tem coroa, mas não é; Tem escama, mas não é peixe. Pelo simples fato de que é espinhoso demais; tem coroa, mas não é rei, mas se acha. Se os ministros se dessem conta da perda grotesca de força do ex-presidente, não dariam bola para nada e simplesmente fariam cumprir o que foi decidido em 2016. Talvez isso até ocorra no dia 04 de abril.

Gosto de abacaxi, mas o verdadeiro, o honesto!

Comments

comments

Veja tambem ...

Leave a Comment